Catarina Lins nasceu em Florianópolis, Santa Catarina, em 1990. É autora de Músculo (7Letras, 2015), Parvo orifício (Editora Garupa, 2016), O teatro do mundo (7Letras, 2017) e Na capital sul-americana do porco light (7Letras, 2018).

 

Em 2018, foi finalista do Prêmio Jabuti na categoria Poesia com o livro O teatro do mundo. É formada em Letras – Produção textual pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e concluiu mestrado na mesma instituição. Trabalhou em editoras como Cobogó e Bazar do Tempo, e atualmente é estudante de doutorado na Universidade de Princeton. 

*

Catarina Lins was born in Florianópolis, Brazil, in 1990. She is the author of Músculo (7Letras, 2015), Parvo orifício (Garupa, 2016), Na capital sul-americana do porco light (7Letras, 2018), and O teatro do mundo (7Letras, 2017), which was a finalist for the Jabuti Prize for Poetry in 2018. Lins features among contemporary Brazilian poets in the anthologies É agora como nunca (Companhia das Letras, 2017, org. Adriana Calcanhotto) and As 29 poetas hoje (Companhia das Letras, 2021, org. Heloisa Buarque de Hollanda). She is a PhD student in the Department of Spanish and Portuguese at Princeton University, and her next book of poems, Um bom ano para o milho, is forthcoming in 2021.

*

Catarina Lins es la autora de los libros Parvo orificio (2016), O teatro do mundo (2017), Na capital sul-americana do porco light (2018), entre otros. O teatro do mundo, finalista del Premio Jabuti en 2018 en la categoría "Mejor libro de poesía", fue traducido al español por Rodrigo Álvarez y publicado por la editorial Zindo y Gafuri (Buenos Aires), en 2019, bajo el título El teatro del mundo